Organize seu roteiro de um dia em Bruxelas, capital da Bélgica


Na minha última viagem pela Europa (maio de 2018), resolvi incluir Bélgica, o quinto menor país da união Européia, no itinerário. Honestamente, muito mais para conhecer Bruges do que Bruxelas. Minha ideia inicial era apenas passar pela capital belga e seguir para a cidadezinha medieval que todos falavam ser incrível. No entanto, em cima da hora, resolvi ficar um dia em Bruxelas e desbravar um pouquinho da sua arquitetura e experimentar suas famosas cervejas.

Para ir até lá, eu saí de Amsterdam, meu destino inicial, e fui de trem até Bruxelas. Cheguei à capital belga às 11h20, deixei minha mochila no albergue e parti para o centro histórico para aproveitar ao máximo o tempo que eu tinha ali. Se você está pensando em passar por lá, aproveite as dicas abaixo para organizar sua viagem!

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Antes de falar sobre como passar um dia em Bruxelas, quero falar sobre algo muito importante: seguro viagem! Quem me acompanha sabe que, em viagens internacionais, nunca deixo de fazer uso do seguro, pois imprevistos acontecem e é sempre bom ter um respaldo em qualquer emergência que acontecer, seja em questão de saúde ou de segurança.

Minha seguradora é a Seguros Promo, que oferece um atendimento excelente, com preços igualmente ótimos. Os preços são levantados a partir de um sistema de busca com as melhores seguradoras, consolidando informações que te possibilitam escolher a melhor opção para o perfil da sua viagem e com o melhor preço! E, comprando por esse link, uma comissão vem para o Leve na Viagem, sem que você pague a mais por isso! Usando o cupom LEVENAVIAGEM5, você ganha 5% de desconto em sua compra.

E se você quer mais informações, leia o post SAIBA TUDO SOBRE SEGURO VIAGEM EUROPA BARATO e tire suas dúvidas!

Informações e preços de tickets, gastronomia, excursão, tour de cerveja ou chocolate e transfer: AQUI

Um dia em Bruxelas

Primeiro vale dizer que, não necessariamente, um dia só em Bruxelas é o suficiente. É claro que se eu tivesse tido mais tempo, muito mais coisa teria conhecido por lá. Mas como disse, minha intenção mesmo era ir para Bruges e digo que 1 dia na capital me pareceu suficiente. O centro histórico, onde as coisas estão concentradas, é pequeno e você pode fazer tudo a pé ou de bicicleta. Infelizmente não saí à noite para conhecer alguns bares e restaurantes, pois choveu bastante e fui obrigada a ficar no albergue. O que não foi ruim, pois o bar de lá era bastante movimentando, conheci uma brasileira que também estava viajando sozinha e tomamos umas boas cervejas belgas. 🙂

Como chegar em Bruxelas

AVIÃO

Bruxelas tem dois aeroportos:  Zaventem, Aeroporto de Bruxelas (BRU) e Charleroi (CRL). O primeiro é mais perto do centro de Bruxelas, portanto, é a melhor opção.

TREM

Há trem saindo de diversas cidades na Europa até a capital belga. Eu comprei minha passagem pelo site NS Internacional e saí de Amsterdam Central até Brussel Central, em uma viagem super tranquila e pontual.
Chegando na estação central, pegue um metrô até a estação mais próxima de onde ficará. Seguindo o Google Maps, você consegue caminhar tranquilamente até seu hotel. Para isso, é preciso estar conectada com internet 4G. Sempre viajo com internet ilimitada pela Easysim4uuma mão na roda que faz TODA a diferença! Ah, e digo uma coisa, senti um pouco de dificuldade nas informações das estações de trem na Bélgica. Então, estar conectada ajuda muito nessas horas, bem como chegar com o máximo de antecedência possível. Assim você se perde, junta informações, procura sua plataforma e não corre o risco de perder o trem ou entrar em algum errado, como aconteceu comigo. Contei no post UM DIA EM BRUGES, CANTINHO DE CHARME E BELEZA NA BÉLGICA!

CARRO

Se for viajar de carro pela Europa, eu aconselho alugar na Rentcars. Mas já digo, não é necessário carro para passar um dia em Bruxelas. Lá é para caminhar ou andar de bike! Quando você aluga por esse link, eu ganho uma pequena comissão, mas você não paga a mais por isso. 🙂

Internet em Bruxelas

Quem acompanha o Leve na Viagem sabe que sempre que viajo para o exterior continuo utilizando a internet normalmente. A Easysim4u é uma operadora internacionalmente reconhecida, parceira do blog, que oferece uma cobertura 4G de ótima qualidade e de forma ilimitada e me permite esse uso normal de redes móveis. Ao comprar o seu chip por aqui, assim como acontece com o Booking, uma pequena comissão entra para o blog! 🙂

Onde se hospedar

Minha estadia foi no Meininger Hotel, super bem localizado, com quartos privativos e compartilhados e atendimento super bacana. Há lockers gratuitos nos quartos, banheiro super limpo, hall movimentado e um bar super interessante. Apesar de não vender comida, há uma diversidade interessante de cervejas, tem jogos e é frequentado por viajantes do mundo inteiro.

Quando for realizar sua reserva, para qualquer cidade que seja, utilize esse link ou o banner do Booking na lateral do site Leve na Viagem! Ficarei agradecida, pois como disse acima, você paga o mesmo valor, mas eu ganho uma pequena comissão. 🙂



Booking.com

O que conhecer em um dia em Bruxelas

Sempre que tenho pouco tempo em alguma cidade eu opto por fazer o Free Guide Tour; quando há, claro. Geralmente, em cidade grande e muito turística, sempre tem essa alternativa e otimiza muito nosso precioso tempo. Primeiro porque em 2 horas você caminha pelos principais pontos da cidade; segundo porque é de graça! Você fica encarregada apenas de dar uma gorjeta final ao guia, se tiver gostado do passeio.

Chegando em Bruxelas, fui almoçar a comida típica belga com uma bela cerveja. Indico o Café Walvis, que não é tão barato assim para um mochilão, mas vale a pena! Pedi o Carbonade Flamande, uma carne feita com cerveja belga acompanhada de batata, de virar o olho! Nossa, que DELÍCIA! Se quiser mais dicas do que comer na Bélgica, dê uma olhada no post do Quero Viajar Mais.

Se você estiver no hotel que indiquei ou na região próxima a ele, passar no Walvis já é o caminho para a praça principal, a Grand Palace. Chegando lá eu peguei o tour gratuito da empresa Viva’s Tour, que saía às 13h30. Eles saem também nos seguintes horários: 10h, 11h e 16h. Não é difícil encontrá-los, como qualquer outra empresa de free tour. Eles ficam com guarda-chuvas coloridos na praça; no caso deles, é o laranja. Peguei o grupo em espanhol, pois o em inglês estava muito cheio e meu guia foi o Rick, um espanhol simpaticíssimo e super engraçado!

Vale uma passada também em algum bom bar para experimentar alguns rótulos de cervejas belgas. Eu, particurlamente, acho muito mais interessante do que ir ao Museu da Cerveja. O lugar mais famoso de lá é o Delirium, bar e pub que tem um cardápio suuuuper variado de cervejas. Não tem só turista, apesar de ser bem conhecido, e você pode experimentar uma diversidade incrível, se aguentar, claro, rsrs.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Alguns pontos visitados em um dia em Bruxelas

O tour durou 2h30 e foi muito bacana, pois a cada parada uma explicação acerca do que víamos. Esses tours dão sentido a tudo o que visitamos e não fica apenas uma olhada por olhar, sabe? Para quem está viajando sozinha, como era meu caso, também é uma ótima alternativa para conhecer outras pessoas. 🙂

Grand Palace
Praça mais famosa da cidade e também uma das mais bonitas do mundo.

Tin Tin’s Wall
Estava sendo restaurada qaundo visitei.

Manneken Pis
A famosa estátua do menino fazendo xixi que, honestamente, não tem naaaada demais. Além de ser super pequenininha.

Saint Hubert’s Galleries
Não sou de fazer compras, muito menos caras. Mas independentemente disso, é uma galeria muito bonita e vale uma caminhada por lá. Para os que gostam, tem lojas de roupas, cervejas, chocolates e joias.

Saint Michel Cathedral
A entrada é gratuita todos os dias até às 18h.

O que não visitei e você pode incluir na sua ida à Bruxelas

Centro da Banda Desenhada de Bruxelas

Tour dos Quadrinhos

Parque do Cinquentenário

Igreja de Nossa Senhora de Laeken

Parlamento Europeu

Museu da Cerveja

Cervejaria Cantillon

Ah, e tirei foto de um “cardápio” com algumas dicas que o pessoal do Viva’s Tour me mostrou. Talvez possa ajudar vocês em algumas escolhas! 🙂

 

Mais dicas de Bruxelas você pode encontrar no blog Dona Viagem e no Os Voos da Xoana!

 

 

EUROPAVIAGEM INTERNACIONAL
Comentários (6)
Adicionar Comentário
  • Guilherme - Quero Viajar Mais

    Oi Luuu,

    Que delícia relembrar minha viagem aqui no seu post. Obrigado por indicar nosso artigo sobre os pratos típicos, que aliás está bombado hahaha

    Beijo grande

    • Luisa Galiza

      🙂 O que é bom tem que ser indicado mesmo!

  • Ana Lúcia Souto

    Olá, Luisa!
    Tudo bem?
    Estou conhecendo o seu blog hoje e gostei muito, lembrando que todas as informações foram super importantes!
    Preciso muito da sua ajuda, vou para Bruges partindo de Paris, e vou dormir lá uma noite conforme a sua orientação. Bem na volta de Bruges gostaria de ficar em Bruxelas para uma tarde. Estou perdida como eu compro as passagens de trem, eu sei que é pelo site do rail europe, mas como vou fazer esse pit stop em Bruxelas, e agora? posso comprar trem regional em Bruges? Consigo comprar bilhetes na hora? Obrigada
    Abraços!
    Ana

    • Luisa Galiza

      Oi Ana, tudo bem? VOcê pode comprar lá na hora, não se preocupe, assim você ve as possibilidades de horário e consegue fazer essa parada em Bruxelas!! Que bom que tá gostando 🙂

  • Johnnie Lustoza

    Bruxelas é mesmo incrível. Mesmo numa visita corrida de 1 dia apenas é possível se divertir muito por lá.