Categorias: Peru

Dicas de uma viagem para o Peru, vem comigo!


Ah, a América do Sul… Quantas coisas lindas podemos encontrar aqui, bem pertinho da gente. Uma viagem para o Peru é, de fato, inesquecível e marcante. Apesar de caracterizada pela pobreza e maus tratos com a população indígena, a cidade abriga uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno — a cidade inca Machu Picchu —, o que a torna um interessante destino sul americano.

Uma viagem para o Peru é sinônimo de imersão histórica, comida de primeira, povos receptivos… O que não faltam são bons motivos para ir a uma das cidades mais importantes para a humanidade. Quer saber mais? Continua aqui comigo que assunto não vai faltar! 🙂

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Quanto custa uma viagem para o Peru?

O que mais pensamos ao planejar uma viagem diz respeito aos custos, pois saiba que a viagem para o Peru é econômica. O novo sol, moeda peruana, não apresenta uma diferença tão grande em relação à moeda brasileira. Um real equivale a 0,81 PEN. Mas, de 20 em 20 centavos, acabamos podendo economizar bastante por aqui! É certamente vantajoso.

Quanto ao câmbio, você pode fazê-lo já em terras peruana e levando seus reais. Não acho que valha a pena trocar dólar e depois comprar pesos. Perca em taxa apenas uma vez, você encontrará várias casas de câmbio nas principais cidades do Peru.  

Dica importante: jamais, em hipótese alguma, troque dinheiro na rua. É provável que você esteja adquirindo dinheiro falso sem nem saber. Tome as devidas medidas de segurança.

Uma viagem para o Peru exige passaporte?

A resposta é não! Você não precisa de passaporte para viajar para o Peru. Tudo o que você precisa, assim como a Colômbia, é de seu Registro Geral com foto atualizada, na qual você seja identificável. Mas atenção: nenhum outro documento é válido. Por isso, já que a entrada no país é tão fácil, dedique seu tempo para certificar que está com o documento correto em mãos.  Não esqueça também do seu Certificado Internacional contra febre amarela. Se tiver dúvidas de como emiti-lo, veja o post sobre: SAIBA COMO TIRAR SEU CERTIFICADO INTERNACIONAL DE VACINAÇÃO

Macchu Picchu

Patrimônio mundial da Unesco, uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno… Macchu Picchu é de uma grandeza que nenhum palavra é capaz de explicar. A mais de 2.400m de altitude, a cidade data de 1.450 e todo o processo de sua construção durou cerca de 100 anos. 

Viajar para Macchu Picchu requer, inegavelmente, planejamento e organização. É um destino que apresenta muitas possibilidades, como por exemplo, o meio de transporte, ou se vai a pé. Se for a pé, qual trilha fazer? Quantos dias ficar? Quando ir, quanto tempo? De fato, é um lugar interessante e rico DEMAIS, e, por isso, você precisa traçar bem sua rota e definir seus objetivos para não ficar perdido depois de já estar lá.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Visitar a cidade é saber que muitas experiências serão vividas e, com toda a certeza, você terá que se aventurar por trilhas, lugares desconhecidos e contato com uma exuberante natureza. Por isso, não deixe de contratar um seguro viagem. Se você ainda não está suficientemente convencido, entenda aqui o seguro viagem e as implicações específicas do Peru. Continue lendo para saber como chegar a Macchu Picchu.

Trilha Salkantay

Considerada pela revista NetGeo uma das 25 melhores trilhas do mundo, a Trilha Salkantay é, sem dúvida alguma, um encanto único. Trata-se de um maravilhoso trekking de 5 dias, que oferece paisagens únicas. Apesar de não contar com sítios arqueológicos, é uma das mais “tranquilas” do Peru, por contar com uma natureza preservada o máximo possível, e por possuir menos turistas.

A trilha é uma das opções para chegar à cidade inca Macchu Picchu. Segunda maior montanha nevada do Peru, vai de 4.600m a, em seu pico, 6.720m acima do nível do mar. O trekking totaliza 68km. Vá com guia por meio de uma agência local de renome, por pura segurança.

A melhor época para qualquer trekking pela região é no inverno, entre junho e setembro. Afinal, com a certeza de clima seco, as caminhadas podem ser realizadas com maior segurança.

 

E então, preparado para se aventurar por uma das maiores riquezas históricas da humanidade? 🙂

 


 

Luísa Pires

Posts recentes

Cidades históricas do Brasil: 7 principais para você conhecer

É quase impossível falar de Brasil sem pensar automaticamente em sua história. De fato, os…

% dias atrás

Roupa de trilha feminina: o que você precisa saber e levar

Quando vamos nos aventurar em atividades de ecoturismo, precisamos nos preocupar com várias coisas: barraca,…

% dias atrás

Praias de Itacaré Bahia: as melhores para você conhecer!

As praias de Itacaré, na Bahia, são muito diversas e encantam pela beleza maravilhosa que…

% dias atrás

O que fazer em Morro de São Paulo: dicas sobre esse paraíso baiano

Morro de São Paulo é um desses destinos maravilhosos, com muitas opções de passeios e…

% dias atrás

Como limpar mochila cargueira ou de ataque: dicas de manutenção

Pensar em trekkings e trilhas costuma envolver a preparação e o desenrolar da viagem. No…

% dias atrás

Como purificar a água em trilhas, trekkings e acampamentos

A realização de acampamentos, trekkings e trilhas exige uma série de cuidados: separar roupas adequadas,…

% dias atrás