Parque Nacional de Pilanesberg, um safari pertinho de Joanesburgo


O Parque Nacional de Pilanesberg tem 572 km² de área, com mais de 360 espécies de pássaros e mais de 10 mil mamíferos. E o melhor, está a apenas 3h de carro do centro de Joanesburgo, capital da África do Sul.

É uma alternativa interessante de safari para quem não tem muito tempo ou não quer se deslocar até Kruger, o parque mais famoso do país. Devido à curta distância do Parque Nacional de Pilanesberg (cerca de 200 km), muitas pessoas escolhem fazer bate e volta de um dia. Eu preferi dormir uma noite no parque e sentir um pouco mais do que ele podia me oferecer.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Safari em Pilanesberg

Quem faz esses passeios com no mínimo uma noite pode optar por dormir dentro ou fora do parque. A primeira opção é um pouco mais cara, mas a segunda, apesar de mais barata, acaba limitando os horários de visitação e a logística. Isso funciona para a maioria dos locais de safari.

Consegui encontrar uma opção com bom custo beneficio para dormir dentro do Parque Nacional de Pilanesberg: Manyane Resort.

Tomada da África do Sul

Hospedagem em Pilanesberg

O melhor, além do preço, é que o lugar mantém o ar rústico de maneira aconchegante. Existem opções de tendas com e sem energia elétrica e os banheiros são grandes e compartilhados. É possível, ainda, levar sua barraca e acampar, assim como trailers e motorhome. Ou seja, inclui vários tipos de viajantes.

O hotel tem uma piscina bem charmosa, um restaurante que serve todas as alimentações com preços semelhantes aos praticados fora do parque e as tendas têm certa distância uma das outras, preservando a privacidade do hóspede.

Não esqueça de fazer seu seguro viagem, obrigatório em diversos países do mundo. Utilizando o código levenaviagem5, você consegue desconto em qualquer plano que escolher!

    

  

Como chegar no Parque Nacional de Pilanesberg

A melhor maneira é alugando um carro em Joanesburgo. Com um GPS, ou apenas o Google Maps do seu celular, você chega tranquilamente no Parque e a estrada está em excelente estado. Lembre-se apenas que lá é a tal mão inglesa, ou seja, você dirige do lado direito do carro.

Para poder usar o GPS é preciso ter internet no seu telefone. Para isso, você pode comprar um chip local ou já sair do Brasil com ele, pronto pra usar internet ilimitada. Essa segunda opção é a que eu sempre faço. Prefiro garantir o uso ilimitado do que ficar recarregando a cada instante e procurar pontos de vendas de chip e de carregamento. A Easysim4u é uma operadora internacionalmente reconhecida, parceira do blog, que oferece uma cobertura 4G de ótima qualidade e de forma ilimitada. Ao comprar o seu chip por aqui, assim como acontece com o Booking, uma pequena comissão entra para o blog! 🙂

Você pode verificar também, diretamente com seu hotel, se eles disponibilizam transfer do aero até o Parque. Geralmente, é pago e torna sua viagem um pouco mais cara. Sem carro para fazer self drive, você fica restrita aos games pra visitação.

Safari próximo a Joanesburgo em Pilanesberg

O parque tem algumas entradas, e você usará a que estiver mais perto do seu hotel, seja ele interno ou externo ao Parque.
O horário de visitação na reserva é das 5h às 19h e os melhores horários para ver os animais é no amanhecer e no entardecer, principalmente os big five (os cinco animais mais difíceis de serem caçados pelo homem), que são: rinoceronte, leopardo, elefante, leão e búfalo.


Safari no Parque Nacional de Pilanesberg

Você pode fazer por conta própria, ou seja, com seu carro ou com empresas que atuam no local.
Se for por conta própria, não precisa reservar nada, basta pagar a entrada do parque, seguir o mapa e ser boa observadora. A natureza fará o resto para você.

Se for com agência, há uma diversidade de passeios que eles chamam de games. Seja em um carro aberto, caminhadas, passeio noturno, privativo.
Aqui você consegue ver todos os detalhes de Pilanesberg. Eu comprei com antecedência no próprio site do Parque e apenas confirmei minha reserva quando já estava por lá.

Primeiro dia no Pilanesberg

No dia que cheguei fiz por conta própria no entardecer e no dia seguinte um game no nascer do sol.
O lado bom de fazer o safari com as agências é que os motoristas se comunicam por rádio. Quando encontram algum animal eles avisam os outros que acabam se deslocando até lá.
Outro benefício é que, por ser em uma espécie de caminhão, a visão é mais ampla e alta. Isso definitivamente facilita a visualização dos animais.

Como foi o safari em Pilanesberg

Eu fiquei satisfeita com duas idas à reserva. Dos big five, consegui ver o rinoceronte, o leão e elefante. Vi também girafa, zebra, javali, diversos pássaros e veados . Confesso que é uma sensação maravilhosa ver a majestosa natureza em ação. O fato de ser uma surpresa e uma certa “caça” aos animais faz do safari um passeio incrível. Além de, claro, estar imerso em um ambiente natural extremo, sabendo que somente a África pode oferecer algo tão genuíno.

Se quiser mais dicas da África, dá uma olhadinha no post da galera do Viagens Merecidas.


 

ÁFRICAVIAGEM INTERNACIONAL
Comentários (0)
Adicionar Comentário