The King’s Day, o feriado mais famoso da Holanda


Minha segunda ida a Amsterdam me rendeu passeios nem tanto usuais e quero compartilhar com vocês um pouquinho do que fiz por lá. A convite do Teleport Hotel, hotel diferenciado e alternativo na cidade, passei 6 dias em Amsterdam e pude presenciar o The King’s Day, o maior feriado da Holanda.

 

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Antes de falar sobre a festa linda que é o The King’s Day, quero falar sobre algo muito importante: seguro viagem! Quem me acompanha sabe que, em viagens internacionais, nunca deixo de fazer uso do seguro, pois imprevistos acontecem e é sempre bom ter um respaldo em qualquer emergência que acontecer, seja em questão de saúde ou de segurança.

Minha seguradora é a Seguros Promo, que oferece um atendimento excelente, com preços igualmente ótimos. Os preços são levantados a partir de um sistema de busca com as melhores seguradoras, consolidando informações que te possibilitam escolher a melhor opção para o perfil da sua viagem e com o melhor preço! E, comprando por esse link, uma comissão vem para o Leve na Viagem, sem que você pague a mais por isso! Usando o cupom LEVENAVIAGEM5, você ganha 5% de desconto em sua compra.

E se você quer mais informações, leia o post SAIBA TUDO SOBRE SEGURO VIAGEM EUROPA BARATO e tire suas dúvidas!

The King’s Day, o feriado mais famosos da Holanda

Atualmente o Dia do Rei é comemorado no dia 27 de abril, dia do aniversário do rei Willem-Alexander. No entanto, é um feriado móvel que cai sempre no aniversário do monarca reinante. Durante 123 anos, o dia do rei, na verdade, era o Dia da Rainha. Comemorava-se no dia 30 de abril em homenagem à antiga rainha Beatriz. Na realidade, seu aniversário não era nessa data, e sim o da sua mãe. Mas Beatriz manteve o Dia da Rainha no dia 30 de abril, pois seu aniversário é dia 31 e janeiro, no alto inverno holandês.

Cá entre nós, o filhão Willem-Alexander podia ter mantido a data de 30 de abril, em homenagem às mulheres, mas tudo bem. O engraçado é que até hoje chegam turistas no dia 30 de abril, prontos para comemorar o feriado que, na verdade, já ocorreu 3 dias antes.

Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

Para quem quiser curtir o The King’s Day compartilhando fotos e vídeos de cada momento em suas redes sociais, fica a dica do chip da Easysim4u, operadora reconhecida internacionalmente que presta um serviço de muita qualidade e com cobertura 4G ilimitada. Ao comprar seu chip por esse link, além de garantir sua internet ilimitada, você ajuda na manutenção do Leve na Viagem sem pagar a mais por isso! 🙂

Foto: Tiago Machado @tmcfotografia
Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

 

Como é o King’s Day

Laranja, lotado e repleto de gente. Laranja porque a cor é uma forma de demonstrar orgulho pela família real holandesa, os Orange-Nassau. Todos os holandeses e turistas ficam vestidos de laranja, as ruas decoradas e a cidade vira um mar de gente alaranjada.

Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

Outra curiosidade é que a cidade vira um grande mercado de pulgas –Vrijmarkt. Pessoas estendem panos nas ruas e praças e colocam à venda peças que não utilizam mais, como móveis, comidas e bebidas. Tem de tudo um pouco. As crianças aprendem com os adultos a venderem e negociarem e muitas fazem apresentações nas ruas. São bandas, músicos iniciantes e pessoas que não cantam NADA se aventurando em tendas de músicas espalhadas pelos canais de Amsterdam. Em suma, o King’s Day é uma mistura de muita festa, loucura, comemoração e alegria.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM
Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

O mais interessante é que a Holanda é tão organizada e disciplinada que quase não se vê policiais pelas ruas ,e os que lá estão apenas assistem à festa. Não vi nenhum problema, tumulto, briga ou situação estranha durante todo o dia de festa. Por mais que alguns, claro, exagerem no álcool e otras cositas mas, a ordem reinou no King’s Day.

A multidão é tamanha que andar de bicicleta em Amsterdam fica absolutamente inviável. Apenas os mais corajosos se aventuram nessa empreitada. Eu mesma saí do Teleport Hotel de bike e a estacionei no comecinho do Westerpark. Dali, segui andando rumo à bagunça que começa na noite anterior, no King’s Night. Na noite do dia 26, vários pubs de Amsterdam oferecem uma programação diferenciada. Eu não cheguei a ir ao King’s Night, pois estava viajando a trabalho e meus dias estavam repletos de compromissos. Juntando com o fuso horário, à noite eu era apenas a capa do Batman. Se você estiver indo, saiba que a noite é o momento para curtir Amsterdam e suas loucuras até o amanhecer. 🙂

E se você está chegando em Amsterdam no King’s Day?

Bom, é importante saber que o transporte público, por mais incrível e pontual que seja na Holanda, não estará funcionando a todo vapor. Há uma redução na quantidade de tram e trens, e sim, haverá um perrenguezinho ou outro. Mas nada que arranque seus cabelos; falo apenas para saber que não é, de fato, um dia normal em Amsterdam.

Outras cidades também comemoram o King’s Day

Utreque, Eindhoven, Haia, Roterdã, Breda, Zwolle, Arnhem e Groningen também fazem festa.

Lembre-se que, por ser feriado, a maioria das coisas fecham. No entanto, você encontra bares e restaurantes abertos, além dos museus do Van Gogh, Rijksmuseum e Anne Frank’s house.


Essa viagem para Amsterdam foi a convite do Teleport Hotel (@teleport_hotels) e contou também com a CVC Brasília Shopping (@cvcbrasiliashopping) que foi parceira primordial para o projeto,  portanto, encontra-se no publieditorial e está de acordo com as Políticas do Blog.
As informações são relatadas a partir da minha impressão e tenho total liberdade para escrever a respeito.

 

EUROPAPUBLIEDITORIALVIAGEM INTERNACIONAL
Comentários (0)
Adicionar Comentário