Confira dicas boas e baratas de onde se hospedar em Nova York


Você é daqueles apaixonados por Nova York, que já foi várias vezes na vida ou está planejando sua primeira ia a um dos destinos mais desejados pelos brasileiros? Então o assunto de hoje é pra você! 

Nova York é bastante procurada pelos turistas durante todo o ano. Alguns fazem questão de ir no inverno para curtir a neve. Se for o seu caso, não deixe de colocar roupas bem quentinhas na mala, pois os invernos costumam ser bastante rigorosos. Outros preferem curtir os parques ensolarados durante o verão. 

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Mas, seja qual for a época escolhida, visitar Nova York (até pra quem é uma viajante apaixonada por natureza como eu!) será sempre uma experiência sensacional. No entanto, muita gente que quer muito conhecer a cidade se desanima quando o assunto é orçamento, já que Nova York tem a reputação de ser bem cara. Infelizmente os preços fazem jus à fama. Só que pode ficar tranquilo: é possível economizar e diminuir um pouco o orçamento necessário para a viagem. 

Depois das passagens, a hospedagem costuma ser a despesa mais elevada de uma viagem. Por isso, continue a leitura e descubra onde se hospedar em Nova York. Listei 10 lugares charmosos e econômicos pra você curtir sua viagem ao máximo!

Ah, não deixe de ler o post detalhado SEU GUIA COMPLETO: ROTEIRO DE 5 DIAS EM NOVA YORK

Dicas de Nova York 

Todos que já visitaram a cidade concordam: é tanta coisa interessante pra fazer, tantos lugares incríveis a visitar, que é mesmo difícil fazer o roteiro de uma viagem ideal para Nova York. 

Então, quanto menos dias você tiver, mais terá que analisar e saber o que priorizar. Minha dica é você não deixar de conhecer os clássicos: 

  • Estátua da Liberdade: não deixe de conhecer o maior símbolo dos Estados Unidos. Reserve os tickets com antecedência para visitar a atração turística de 93 metros de altura, ícone da liberdade e da esperança, com mais tranquilidade. Aproveite para curtir o passeio de barco e prepare-se para muitas fotos. 
  • Central Park: ver nos filmes aquelas atrizes e atores maravilhosos correndo de manhã cedinho no Central Park e morrer de vontade de estar lá também, quem nunca? O Central Park é outra atração imperdível na sua viagem a Nova York.
  • Times Square: impossível deixar de visitar, sobretudo à noite. As luzes dos letreiros coloridos fazem um espetáculo incrível. Não deixe de conhecer a Escadaria Vermelha da Times Square e dê uma passada nas lojas gigantes da M&M’s e da Hershey’s. São o sonho de qualquer chocólatra!
  • Broadway: palco de musicais super badalados como O Fantasma da Ópera e o Rei Leão, é uma visita obrigatória para os fãs do gênero. 

Para conhecer esses principais pontos, vale a pena comprar o NY City Pass ou o NY Pass, que dá direito a visitar várias atrações pela cidade e ainda economizando bastante. 

Como se locomover em Nova York 

A primeira dica aqui é usar o transporte público, visto que não há necessidade de alugar um carro. O metrô é bastante eficiente e muito mais em conta. À primeira vista, o mapa do metrô pode assustar. Diferentemente de várias cidades do Brasil, o metrô atende bastantes localidades e possui várias linhas. No começo pode confundir um pouco, mas acredite, não é nenhum mistério: dá pra entender super rápido como funciona e começar a se locomover tranquilamente.  

É essencial também ter um celular pré-pago e um chip internacional de internet para você conseguir se conectar e se orientar facilmente pelo Google Maps.  

9 lugares baratos onde se hospedar em Nova York



Booking.com

Manhattan é o local perfeito para você se hospedar e ficar muito próximo aos programas mais interessantes. Contudo, não é nada em conta. Se você quiser economizar, o ideal é buscar outras alternativas e escolher hotéis ou hostels em bairros como o Brooklyn ou o Queens. 

Como a oferta de transporte público é bem satisfatória, dá para ficar um pouquinho mais longe das principais atrações, e ainda assim curtir bastante a viagem. E mais: os próprios bairros mais afastados podem fazer parte da experiência da sua viagem, pois também reúnem muitas atrações e atividades interessantes. 

E aqui vale também a dica que todo viajante experiente já sabe: planejar ao máximo sua viagem e comprar passagens e fazer as reservas com o máximo possível de antecedência. 

Lembrando, ainda, que há a opção de ficar em um albergue. Vale considerar essa possibilidade, pois além de muitos serem bastante charmosos e confortáveis, permitem que você conheça e se divirta com pessoas interessantes de diversas partes do mundo! 

 

Onde se hospedar em Chinatown

Esqueça os clichês das lojas de produtos de qualidade duvidosa e multidões se apertando nas ruas. Chinatown é um bairro super rico de tradições e cultura. Mesmo se sua escolha não for se hospedar no bairro, vale muito a pena fazer um passeio a pé por lá.

Algumas atrações imperdíveis na região são o Columbus Park, a Mosco Street, a Nom Wah Tea Parlor (uma casa de chá aberta em 1920 e funcionando até hoje), além do fantástico Mahayana Buddhist Temple. Como opções de onde se hospedar em Nova York, no bairro Chinatown, economizando, temos:

Manhattan Bowery Lodge Está localizado a apenas 1,3 Km da Brooklyn Bridge, um dos principais pontos turísticos de Nova York. O hotel oferece wi-fi e recepção 24 horas. É uma das opções mais econômicas do Booking, então vá esperando algo super simples, apenas para dormir mesmo. 

Canal Loft Hostel & Hotel – Esse charmoso hostel conta com recepção 24 horas e um lounge compartilhado. Possui ainda rede wi-fi por todo o hostel e fica a 3 km do Memorial do Onze de Setembro. 

Hostel – Chrystie Street O hostel é uma ótima opção para quem quer economizar. Possui um lounge compartilhado com forno microondas, geladeira e máquinas de café. O banheiro é compartilhado e oferece chuveiros e secador de cabelos. 

Imagem Booking.bom

Hotel Mimosa – Localizado a 1,6 km do charmoso bairro do Soho, possui TV a cabo, wi-fi e banheiro privativo. Também está bem próximo a pontos de ônibus que levam a Boston, Filadélfia e Washington DC. Outra facilidade proporcionada pelo hotel é o serviço de lavanderia, mediante o pagamento de uma taxa extra.

Onde ficar em Hell’s Kitchen

Outro bairro não tão conhecido como Chinatown, mas que vale a pena visitar e se hospedar. Em Hell´s Kitchen você encontra alguns dos melhores restaurantes da cidade. Lá você pode frequentar ótimos restaurantes internacionais, existindo até uma associação de restaurantes que disponibiliza informações sobre todos eles. 

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Mas os destaques vão para os restaurantes Barbetta, de comida italiana, o Don’t Tell Mama, que mistura restaurante e stand up comedy bar, e o Joe Allen, tradicionalíssimo restaurante de comida americana. O bairro boêmio foi morada de imigrantes irlandeses, no passado. Duas dicas de hospedagem no bairro são: 

Pod Times Square – O Pod Times Square está em uma excelente localização: fica a apenas 600m da Times Square. O hotel conta com um restaurante, bar e rede wi-fi, além de recepção 24 horas e banheiro privativo.

Imagem Booking.com

Hudson New York – Outro hotel um pouco mais econômico, mas ainda com localização privilegiada, ficando a apenas 322 m do Central Park e a cerca de 300 metros da estação de metrô Columbus Circle. Quem é fã de arte também vai gostar: está a apenas 1,3 km do famoso Museu de Arte Moderna de Nova York. 

Imagem Booking.com

Onde ficar em Chelsea

A depender de quantos dias de estadia em Nova York você tenha programado, coloque no seu roteiro uma ida em Chelsea. Chelsea está no West Side de Manhattan. O bairro é um charme à parte, e lá você ainda pode visitar duas atrações não tão conhecidas de Nova York, mas bem interessantes: o Chelsea Market e o High Line Park. Ambas podem ser visitadas em uma tarde, já que ficam bem próximas uma da outra. 

O High Line Park é um parque suspenso em um antigo viaduto e o Chelsea Market é um grande mercado de gastronomia, onde se pode encontrar desde frutos do mar até especiarias e chás. O mais interessante é que o mercado foi construído em uma antiga fábrica de biscoitos, onde o famoso biscoito Oreo começou a ser produzido. 

Agora vamos às opções de hospedagem: 

Holiday Inn Manhattan 6th Ave – Em estilo contemporâneo e arrojado, todos os quartos contam com escrivaninha, armário e rede de wi-fi. Há também secador de cabelo à disposição dos hóspedes. O hotel ainda conta com restaurante e academia de ginástica e fornece café da manhã.

Imagem Booking.com

Hotel 309 – Mais um hotel com ótima localização: dá pra ir andando a alguns dos principais pontos turísticos da cidade de Nova York. Alguns quartos contam com sofá e máquina de fazer café. Também é fornecido um delicioso café da manhã aos hóspedes. Em toda a área do hotel é possível se conectar ao wi-fi, e ele ainda conta com portaria 24 horas.

Imagem Booking.com

Murray Hill 

Localizado em Midtown Manhattan, o bairro oferece algumas opções de hospedagem mais em conta do que os locais mais turísticos e badalados de Nova York. Muitos universitários e jovens profissionais se estabeleceram no bairro, justamente pelo menor custo de moradia. Contudo, isso não torna o bairro menos interessante: cafés despretensiosos e muitos restaurantes indianos dão um charme casual a Murray Hill.

Pod 39 – Todos os quartos do hotel possuem wi-fi e seus diferenciais são sala de jogos e um rooftop bar. Todos os quartos são equipados com mesa de trabalho e TV a cabo, e alguns quartos têm uma vista incrível da cidade. O hotel também tem estacionamento privativo, bar, restaurante e oferece café da manhã aos hóspedes. 

Imagem Booking.com

E, claro, além de conferir essas dicas de onde se hospedar em Nova York não esqueça do seu seguro viagem para te respaldar com qualquer imprevisto, e também do chip internacional de internet , para ficar sempre conectado.

Boa viagem! 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

América do Nortedicas de hospedagemNova YorkVIAGEM INTERNACIONAL
Comentários (0)
Adicionar Comentário