Refeição Saudável – 3 dicas para sua viagem não ir ladeira abaixo


Toda viagem é a mesma história… voltamos mais inchados, não se pratica tanto exercício e acabamos comendo mais besteira. Mas pequenos detalhes de uma refeição saudável podem fazer toda diferença no final da viagem!

Se você está lendo esse post, tenho certeza que é daqueles que se preocupam com a alimentação e com uma vida saudável. Essa é a minha preocupação, que prefiro chamar de hábito, e que se pode manter em qualquer lugar do mundo! Faço parte daqueles que buscam manter a qualidade de vida mesmo fora da rotina. 

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Então vamos lá.

Como muitos já sabem, eu SEMPRE levo diversos alimentos quando viajo e não abro mão deles. 

Alguns podem me achar radical ou algo do gênero e pensar “ah, ela vai se preocupar em fazer refeições saudáveis durante a viagem?!” Sim! E digo que isso não é esforço e sim estilo de vida. Muitos devem se perguntar por que eu faço isso.

Bom, faço isso por vários motivos…

 

Por que escolher uma refeição saudável?

O primeiro motivo é para ter sempre comigo uma comidinha SOS, para eventuais momentos em que não encontre onde comer, como em passeios muito demorados, trilhas, caminhadas em lugares mais desertos, viagens longas de trem, avião ou ônibus. Isso evita que eu fique mais de três horas sem comer e acabe catabolizando minha massa magra, ou seja, consumindo energia dos meus músculos e não da minha gordura. Além de evitar aquele mau humor HORROROSO de quando estou com fome.

Segundo porque assim eu gasto menos dinheiro. Ter um lanchinho na mochila faz com que eu gaste menos em alimentação durante as viagens e ainda junte o útil ao agradável: me alimento melhor e ainda faço economia.

Terceiro porque mantenho uma alimentação leve e saudável. Não gosto de ficar a mercê do que tiver no momento para comer. Pode ser que tenha apenas comida muito gordurosa, ou aquelas que não vou muito com a cara, ou que tenha leite, ou que o preço não valha a pena. Enfim, o que custa levar algumas delícias com você?

Quarto, minha intolerância a leite é seríssima. Então não posso correr o risco de comer algo que tenha leite e passar dois dias da viagem doente.

Sendo assim, para evitar imprevistos, além de ajudar a manter a forma, seguem 3 dicas de como fazer uma refeição saudável pelo menos duas vezes por dia enquanto viaja:

 

  • Castanhas/Nozes

O mix de oleaginosas é uma excelente fonte de vitaminas e minerais e já virou sinônimo de petisco saudável.
Elas carregam doses importantes de fibras, proteínas e gorduras boas que formam uma composição perfeita para manter estável o nível de açúcar no seu sangue.

Além disso, contêm ácido fólico, que beneficia a reprodução de células e atuam como excelente antioxidante.
Também são ótimas para comer com frutas ou acrescentar em saladas e dão uma sensação de saciedade importante para evitar belisco fora de hora.

Prefira sempre comprar castanhas sem sal, já que este eleva a pressão arterial e causa retenção líquida.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Ter sempre um punhado delas na mochila pode ajudar bastante na manutenção de uma alimentação saudável ao longo da sua viagem. Quando chegar a hora do lanche da manhã ou da tarde, ou bater aquela fome in the middle of nowhere, coma suas castanhas e junte à elas a dica número 3!

Opções: Castanha do Pará, Nozes, Castanha de Caju, Baru, Pistache, Macadâmia.

  • Barra de Cereal

Barrinhas de cereal são ótimas para qualquer ocasião e já caíram na boca do povo. No entanto, é preciso ter cuidados, pois assim como qualquer outra fonte de energia, elas têm que ser consumidas com moderação e jamais serem usadas para substituir refeições como café da manhã, almoço ou jantar.

Além disso, cuidado com a propaganda enganosa de algumas barrinhas de cereal! Você pode estar consumindo uma bombinha de gorduras sem perceber!

A composição nutricional das barras de cereais depende muito de cada produto, uma vez que a variedade no mercado é bastante ampla. Procure sempre aquelas ricas em fibras, que contribuem para a regularização intestinal e aquelas que não possuem glicose nos ingredientes. Eles podem vir nos ingredientes como açúcar mesmo, xarope de glicose, xarope de milho, maltodexitrose, sacarose…

A dica é sempre analisar o rótulo. Quando começar a ter esse hábito, você vai descobrir o tanto de comida que você come achando que é saudável e quando analisa, está muito mais para uma camada de açúcar e gordura saturada do que para uma porção de nutrientes.  A barra de cereal é uma delas. Observe  quantas têm xarope de glicose e açúcar nos ingredientes, é de assustar! Sugiro algumas que adoro: Hart’s, Bio2 Organic , Levitá, Do Bem, Ebar Organic.

  • Fruta desidratada

A arte de secar frutas surgiu na Europa, em um inverno durante o Império Romano. Ricas em açúcares, eram utilizadas por viajantes e soldados para repor as energias. Olha só! Até hoje é um ótimo aliado de uma alimentação saudável para nós: VIAJANTES.

Quando as frutas são submetidas ao processo de secagem, as fibras, minerais e açúcares permanecem preservados no alimento e mais concentrados. E como você sabe, dão maior resistência, ajudando no trajeto da viagem. Frutas secas são ricas em potássio, vitaminas e antioxidantes. Mas não vá exagerar no consumo, pois têm uma quantidade significativa de açúcares!

Aliás, NUNCA escolha as frutas desidratadas que são cristalizadas, elas são uma bomba de glicose que só lhe farão mal. E aqui vai uma dica de mestre…rsrs

-> Ao degustá-las, uma ótima combinação é acrescentar as castanhas citadas ali em cima. Fica uma refeição mais rica em nutrientes e com menos pico glicêmico no sangue.

Dica importante!! As castanhas e as frutas secas ou desidratadas não devem ser levadas na mala a granel, ok? Elas poderão ser barradas na sua entrada no país. Leve sempre alimentos industrializados e embalados para evitar qualquer imprevisto com a lei.

Viu? Comer ou exagerar em besteiras durante a viagem é opção sua! 😉 Seguir pequenas dicas poderá fazer uma grande diferença na sua volta ao Brasil!
Gostou das dicas de alimentos para viagem? Diz aí se você tem outras sugestões! Eu aproveito para deixar mais uma dica aqui!

DICAS DE ALIMENTAÇÃO
Comentários (0)
Adicionar Comentário