Cavernas no Brasil: conheça as mais bonitas do país!


Um passeio sensacional que não é tão comentado são as cavernas. Geralmente, possuem uma história, runas, sendo marcos antigos e históricos do país. Esse post é dedicado às cavernas no Brasil, apresentando as mais belas do país, de fácil e de difícil acesso, como chegar e onde se hospedar, em vários pontinhos deste Brasil tão extenso que é o nosso. Se você já foi a alguma e quer conhecer outras, leia até o final e já trace o seu próximo roteiro de viagem. Se acaso ainda não foi a nenhuma e quer passar por essa experiência, escolha a que mais se encaixa com o seu perfil e vá em frente!

Aqui vou citar para vocês 10 lindas cavernas no Brasil para você incluir na sua lista de desejos.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

10 cavernas no Brasil para você conhecer

O Brasil é um país rico em atividades que envolvem o ecoturismo, e não podia ser diferente, visto que é cheio de riquezas naturais, e nelas estão as cavernas. E aí, vamos conhecer as 10 cavernas mais incríveis do Brasil?

1. Gruta do Lago Azul – MS

Essa linda e exuberante caverna fica localizada no município de Bonito, em Mato Grosso do Sul, região Centro-Oeste do país. Uma das principais características físicas da gruta é o tom azulado das águas – daí seu nome. Outra característica que chama a atenção é a profundidade: os nadadores profissionais que já exploraram o local só chegaram até os 87 metros, em decorrência também do alcance do reflexo e incidência solar.

No interior da Gruta do Lago Azul nos impressiona as formações de estalactites – que são formações rochosas sedimentares, que crescem para baixo. São bem curiosos, você com certeza irá achar interessante também.

Além desse tipo de formação rochosa, também ocorre as de estalagmites e fósseis de animais que datam da época da pré-história, por exemplo.

É importante saber que a visita na gruta é de cunho observatório, nós não podemos entrar na água, só ouvir as histórias que compõem o cenário desse local tão incrível. Mas pode-se tirar fotos e também é possível intercalar com outros passeios pela cidade.

Para uma melhor experiência, recomendo que você leve: protetor solar, repelente, tênis, chapéu/boné, máquina fotográfica, etc.

Entradas:

Alta temporada – adultos e crianças: R$ 89,00.

Baixa temporada – adultos e crianças: R$ 69,00.

Algumas restrições: esse passeio não é recomendado para crianças com menos de 5 anos de idade, pessoas que sofrem de labirintite e dificuldade de locomoção, por ter uma escadaria com 300 degraus sem corrimão.

Como chegar

A Gruta do Lago Azul fica a 20 km do centro de Bonito/MS, e o transporte da cidade para lá fica em torno de R$ 45,00.

Para chegar até Bonito, dependendo de onde você estiver, pode ir de avião, carro ou ônibus. A cidade possui rodoviárias e aeroporto.

Locais para ficar hospedado

2. Caverna do Diabo – SP

Essa é bem conhecida e não é para menos, visto que ela é realmente muito bonita! Fica localizada em São Paulo, especificamente no Parque Estadual Caverna do Diabo, município de Eldorado. É considerada uma das maiores de todo o estado.

A Caverna do Diabo possui mais de 6.000 metros de extensão, porém apenas 600 metros estão abertos à visitação. Outros atrativos da área são as cachoeiras, rios e a diversidade de fauna e flora, como espécies ameaçadas de extinção de cedro, palmito juçara e jaguares.

Além disso, Eldorado possui vários outros atrativos, como é o caso da Trilha do Araçá. Esse caminho leva a três belíssimas quedas d’água e ao Mirante do Governador.

A Caverna do Diabo tem aquele ar meio assustador e misterioso, mas é linda demais, então quem gosta de cavernas vai amar. Possui escadaria e passarelas, gigantescas formações rochosas e gotejamento contínuo de água.

As vestimentas são as tradicionais de trekking, botas ou sapatos de trilha, além de protetor solar, chapéus e etc.

Entrada

Adultos: R$ 12,00.

Gratuidade: crianças até 12 anos, adultos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência não pagam.

Estudantes pagam meia-entrada: R$ 6,00.

Lembrete: é obrigatório o serviço de monitoria ambiental autônoma, que custa R$ 11,00 por pessoa.

Como chegar

O Parque em que está localizado a caverna fica a 292 quilômetros de São Paulo e pode ser acessado através da Rodovia Régis Bittencourt.

Hospedagens em Eldorado

3. Cânion do Paraíso Talhado, no Rio São Francisco

Conhecida também como Gruta do Talhado, fica em Delmiro Gouveia, Alagoas. Ela está inserida no lindo e esplendoroso Cânion do Paraíso Talhado, no Rio São Francisco.

Essa gruta é composta por enormes rochas de arenito, com formatos super variados. Para explorá-la melhor, o ideal é fazer um passeio de barco ou praticar mergulho. Essa atração é super completinha, porque se fizermos as contas, é uma atração dentro da outra e o nosso desejo é não sair mais de lá!

Pensa comigo, além de já se deliciar com a visão do Cânion, você ainda avança para conhecer a gruta e ainda tem a opção de mergulhar. T – U – D – O de bom!

Para esse passeio, além dos itens para usar e levar que já citei anteriormente nas outras cavernas, você deve adicionar roupas de banhos/ itens de mergulho pessoais.

Como chegar

Dependendo do seu ponto de partida, você pode ir de avião, carro ou ônibus. O local possui rodoviárias e aeroportos e caso deseje se locomover pela cidade pode usar aplicativos tranquilamente.

Hospedagens em Alagoas

  • Bristol Aline: com piscina ao ar livre,academia, wi-fi gratuito, café da manhã, entre outras comodidades.
  • Hotel Executive: recepção 24 horas, wi-fi gratuito, café da manhã e demais comodidades básicas.

4. Gruta da Pratinha – Bahia

Outra preciosidade nordestina é a Gruta da Pratinha, em Iraquara, Bahia, estando próxima também dos Lençóis Maranhenses. É considerada uma das atrações mais belas da cidade, além de ser porta de entrada para a Chapada Diamantina. Uma das formas de chegar até a gruta é através de trilhas ou de tirolesa – aventura é o que não falta!

O destino e objetivo final da gruta é alcançar o rio, onde podemos nos deliciar com um bom mergulho e flutuação, experiência muito boa e que desejo que todo mundo experimente pelo menos uma vez na vida.

Nível de dificuldade: fácil, pois não há trilha e a flutuação é bem tranquila.

Existe a opção de fazer o trajeto de carro, por conta própria. Porém, se você não conhece bem a região, é melhor não. Contratando uma agência, o valor pode ficar por volta de R$ 150 e R$ 230, depende muito do roteiro e das atividades escolhidas para fazer.

Guia: até quatro pessoas, entre R$ 150 e R$ 200.

Custo da entrada: a entrada na Fazenda Pratinha custa R$ 40/pessoa. Atividades como flutuação, tirolesa e caiaque, são pagas separadamente.

Como chegar

Você chega lá através da Rodovia BA 480, Fazenda Pratinha, Iraquara – BA. O horário de funcionamento é todos os dias, das 8h às 15h.

Onde se hospedar

Em Iraquara: Pousada Recanto das Algarobas: localização a  450 m do centro.

Em Lençóis: Pousada Vila Serrano: a 200 metros do centro de Lençóis, possui spa, centro de bem-estar e jardins.

5. Gruta dos Viajantes – MG

Essa também fica dentro de uma reserva, o Parque Estadual de Conceição de Ibitipoca, em Minas Gerais. Para chegar lá, percorremos o Circuito do Pião, por ficar bem próximo ao Pico de mesmo nome.

A Gruta dos Viajantes recebe esse nome devido aos viajantes que antigamente pernoitavam por lá. Ela é extensa e fortemente explorada pelos turistas que se aventuram pelo Parque, principalmente para quem gosta de trekking.

Como por lá a gente anda bastante, aconselho que sua mochila esteja leve, apenas com o essencial. Água para se hidratar bem, roupas de exercício, repelente, protetor solar, chapéus e bonés, usar botas e etc.

Principais estados que dão acesso à Ibitipoca:

Belo Horizonte – 350 Km.

Rio de Janeiro – 260 Km.

São Paulo – 450 Km.

Juiz de Fora – 95 Km.

Onde se hospedar em Ibitipoca

6. Caverna Aroe Jari

Localizada na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, é considerada a maior caverna de arenito do Brasil, com uma extensão total de 1550 metros. Seu nome foi colocado pelos índios locais e quer dizer a “morada das almas”.

Ao fazermos o percurso, vamos sendo apresentados à vegetação típica do cerrado, sendo contemplados também pelos leitos de rios e córregos. Curiosamente é um local em que eventuais queimadas não se estendem, protegendo suas espécies de animais e árvores.

Na Caverna Aroe Jari, podemos ver vestígios de escavações arqueológicas e a imensa entrada com mais de 30 metros de largura em arenito. É importante salientar que a entrada no lago não é permitida, sendo disponível apenas a observação.

Reprodução: Sedec-MT/Site

Como chegar

Você pode ir de avião ou ônibus até Mato Grosso e depois se deslocar até o portão de entrada dessa caverna. Podendo utilizar transfer ou carros particulares.

Se você viajar de carro, o GPS é indispensável, mas relaxe que há bastante sinalização.

GPS: MT-450, s/n – Zona Rural, Cuiabá – MT, 78195-000.

Onde se hospedar

7. Caverna da Angélica – GO

Essa é considerada uma das cavernas mais lindas do mundo, um verdadeiro esplendor e faz parte do complexo de cavernas Terra Ronca, em São Domingos, Goiás.

Amantes do ecoturismo têm o dever de conhecê-la. Toda cercada pela paisagem do Cerrado e a Serra Geral de Goiás, com muitas trilhas, veredas, rios e cachoeiras, completando o cenário desse destino encantador.

O Parque Estadual Terra Ronca é um reduto de diversas e belas cavernas no Brasil, mais adiante vou citar outras que ficam localizadas no mesmo Parque e que valem a pena conhecer. Mas antes disso vou explicar aqui o que você encontrará por lá.

Se acaso você é uma daquelas pessoas que busca as belezas escondidas na parte subterrânea da terra, estará no lugar certo! A região ainda é pouco explorada pelo turismo, mas muito pesquisada por profissionais como geólogos, biólogos e espeleólogos que já localizaram centenas de cavernas. Imagina que sonho pisar nesse solo e ter o prazer de fazer parte disso tudo?! Incrível demais.

Lá encontramos cavernas denominadas como “secas” e “molhadas”, muitas delas sendo atravessadas por alguns rios que cortam o Parque. Parece ser um mundo à parte, onde nos é apresentado um misterioso e dark mundo no interior da terra, revelado através das luzes das lanternas, com o auxílio imprescindível de condutores experientes.

Depois desse show de motivos para visitar o local, não tem como não inserir a Caverna da Angélica no seu roteiro, não é?!

Como chegar

Você pode fazer a viagem de ônibus ou avião até Goiás e de lá se deslocar direto para o Parque. Se já tiver contratado um pacote, melhor ainda, porque otimiza seu tempo.

Onde ficar

  • Pousada Piuval: piscina ao ar livre, parquinho infantil e wi-fi gratuito, entre outras comodidades.
  • Hostel Catavento: cercada pela natureza, oferece vista para a montanha e para o cânion e wi-fi e estacionamento gratuitos.

8. Caverna São Mateus

Também fica no Parque Estadual Terra Ronca e é uma das mais visitadas por lá. Como eu já falei bastante da região no tópico anterior, não vou me estender muito aqui, porque tudo que já falei sobre o parque se aplica aqui.

Inclusive a mesma forma de chegar, onde se hospedar e etc. Só acrescento e ressalto a importância de você não esquecer de colocar na mala ou mochila coisas essenciais, como: roupas leves e próprias para trekking, protetor solar, chapéus, repelentes, é interessante ter em mão dinheiro em espécie, só por segurança.

Horários de visitação: das 8h às 17h. Seguir os protocolos de higiene sanitária, visto que ainda estamos vivendo um período de disseminação da covid-19.

Onde ficar

 

9. Gruta da Lapinha – MG

Essa está localizada em Lagoa Santa, na área arqueológica, em Minas Gerais. É de uma beleza indescritível, formada por doze salões abertos à visitação, cercada por cortinas e colunas. Falando um pouquinho da história dessa gruta, ela foi descoberta pelo dinamarquês Peter Lund em 1835, possuindo 511 metros de extensão, explorados em um percurso de quarenta minutos.

Ao fazermos a visitação podemos observar formas surpreendentes, originadas das formações de espeleotema, destacando-se couve-flor, cascata, cortina e pirâmides. O horário de funcionamento da Gruta da Lapinha é das 8h30 às 16h30 e o atendimento é feito por guias locais especializados.

Como chegar

É ideal que você chegue primeiro a BH, passando pela rodoviária de Lagoa Santa. De lá, você deve ir direto para a Serra do Cipó.

Onde se hospedar em Lagoa Santa

10. Caverna de Santana – SP

Fica localizada em Iporanga, São Paulo, no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), com cerca de 8km de extensão. É sem sombra de dúvidas uma das cavernas mais lindas do PETAR e que serve de palco para boas aulas de Educação Ambiental e também é o cenário perfeito para os amantes de fotografia.

Nesse destino você irá encontrar: os Salões das Flores, São Paulo, São Jorge, Takeupa e ainda lugares como o ‘Buraco do Segredo’, ‘Pata do Elefante’ e ‘Cabeça do Cavalo’.

Por questões de preservação, assim como outras que citei aqui, essa caverna também regula a área de visitação, destinando apenas apenas 800 metros, estando localizada no Núcleo de Santana.

  • Caminhada externa: fácil / 5 min.
  • Caminhada interna: fácil / 2hs.

Como chegar

Principalmente para quem sai de São Paulo, há duas formas mais usadas para chegar até esse destino. Uma delas é através da Rodovia Régis Bittencourt e a outra pela Castelo Branco ou Raposo Tavares. Escolha aquela que for mais conveniente para você.

Hospedagem

  • Ouro Grosso Chalés: a 500 metros do Parque Nacional de PETAR, com jardim, churrasqueira e recepção 24 horas.
  • Pousada Casa da Pedra: acomodações com restaurante, estacionamento privativo gratuito, piscina ao ar livre e jardim.

Cavernas no Brasil: hora de conhecer!

O Brasil é um país continental e cheio de lugares incríveis, que vão de regiões mais ensolaradas e litorâneas, até locais mais frios e intimistas, onde podemos encontrar muita vegetação diferenciada, grutas e cavernas escondidas.

Agora que você já conhece as 10 mais belas cavernas do Brasil, chegou a hora de começar a planejar sua próxima aventura. Conte com todas as dicas aqui do Leve na Viagem e também com os links disponíveis por aqui. Tenho certeza que sua viagem pelas cavernas do Brasil será inesquecível!

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

 

 

Luísa Pires

Posts recentes

Lugares para trabalhar home office em Santa Catarina

Quando pensamos em home office, sempre vem em mente a ideia de ficar num quarto,…

% dias atrás

Cidades históricas do Brasil: 7 principais para você conhecer

É quase impossível falar de Brasil sem pensar automaticamente em sua história. De fato, os…

% dias atrás

Roupa de trilha feminina: o que você precisa saber e levar

Quando vamos nos aventurar em atividades de ecoturismo, precisamos nos preocupar com várias coisas: barraca,…

% dias atrás

Praias de Itacaré Bahia: as melhores para você conhecer!

As praias de Itacaré, na Bahia, são muito diversas e encantam pela beleza maravilhosa que…

% dias atrás

O que fazer em Morro de São Paulo: dicas sobre esse paraíso baiano

Morro de São Paulo é um desses destinos maravilhosos, com muitas opções de passeios e…

% dias atrás

Como limpar mochila cargueira ou de ataque: dicas de manutenção

Pensar em trekkings e trilhas costuma envolver a preparação e o desenrolar da viagem. No…

% dias atrás