O que fazer em Vilanculos, o paraíso moçambicano que poucos conhecem!


Vilanculos é uma surpresa incrível em Moçambique. Depois de ter saído de Tofo e passado horas em uma chapa apertada e com um calor quase mortal, cheguei no paraíso. Mar de águas transparentes, inúmeros pescadores, paz, calmaria local, paisagens de arrepiar e barulho do mar. Talvez essas sejam as melhores definições do lugar. Escrevo esse post para você saber o que fazer em Vilanculos e aproveitar esse paraíso da melhor maneira possível!

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Vilanculos está a 715 km de Maputo, capital de Moçambique e a 315 km de Tofo, outro paraíso moçambicano. Para os que decidem explorar o país, é um destino que sempre entra no roteiro, uma vez que esconde paisagens lindas e preserva a cultura local.

O que fazer em Vilanculos

Ao contrário dos outros lugares na África, acabei ficando a maior parte do tempo nas redondezas do Bahia Mar, hotel boutique incrível que esbanja charme em meio à sua construção rústica e de paisagem deslumbrante.

Mesmo diante de tantas coisas que o espaço oferecia, fui conhecer o Mercado Central da cidade, repleto de comida típica e barracas de tudo quanto é tipo de coisa. Na verdade, mais parece uma grande feira a céu aberto. Ali você vê a vida moçambicana ao extremo e super recomendo para quem gosta de experimentar essas vivências.

Explorei a praia de Vilanculos, a principal da cidade. Tem água cristalina e quentinha, para acabar com os corações. Tive a oportunidade de conhecer a praia com as bicicletas que o Bahia Mar Club oferece ao clientes. Próprias para pedalar na areia, as bikes são uma ótima oportunidade de passeio e atividade física. Pude ir até as dunas de areia vermelha que esconde cantos de pescadores que brilham os olhos daquele que curtem conhecer a cultura local. Na região tem também a Praia Mangalisse, a Praia de Chibuene onde pode-se andar a cavalo por paisagens incríveis, Praia da Zona Sul de Vilanculos e a Praia da Bahia dos Guarda Rios (King fisher’s Bay) ao Norte.

A menina dos olhos de Vilanculos é o arquipélago de Bazaruto.

Ilhas de água cristalinas, areia branca e com pouquíssimos turistas fazem do lugar um paraíso escondido. O passeio foi oferecido pelo Bahia Mar, que tem uma serviço diferenciado da maioria dos lugares em Vilanculos. Lancha de qualidade e profissionais atentos e simpáticos que fazem do passeio algo a mais do que imaginamos.

Saímos de manhã e voltamos por volta das 15h, depois de visitar lugares inóspitos e indescritíveis. Fomos até uma ilha sem infraestrutura nenhuma (que para mim é incrível) que teve uma estrutura invejável montada pelos barqueiros. Há tempo livre para aproveitar o que o local oferece de mais magnífico, para depois explorarmos a Ilha das Dunas, um dos pontos altos do passeio. Confesso que fiquei ABSOLUTAMENTE encantada com a beleza desses lugar. Juro pra vocês, não imaginava encontrar isso tudo em Moçambique. Espero plantar a sementinha do desejo aí em vocês, porque realmente é um paraíso na terra!

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Não esqueça de fazer seu seguro viagem, obrigatório em diversos países do mundo. Utilizando o código levenaviagem5, você consegue desconto em qualquer plano que escolher!

Vilanculos é maravilhosoooo

Bom, nem acreditei no que vi e vivi nesse lugar, sinceramente.
Sabe quando tudo conspira para algo além do que poderia imaginar? Isso é Vilanculos..

Confesso que, ao subir as dunas (exige certo esforço físico), vi uma das paisagens mais lindas da vida. E o melhor disso é que o que eu vi não é tudo. O arquipélago esconde ilhas maravilhosas e quase secretas. Os passeios variam e você pode conhecer várias delas se tiver tempo e recurso para tal. Cada passeio custa 110 dólares com o pessoal do Bahia Mar. Inclui almoço, staff e a lancha que faz o diferencial dos demais passeios locais, uma vez que ainda são incipientes na região. A entrada do parque é cobrada por fora e custa 900 meticais por pessoa, o equivalente a 15 dólares.

Além desse passeio maravilhoso e que supera todas as suas expectativas, Vilanculos te traz momentos únicos e que te conectam com a África.
Praias quase sem turistas, pescadores, crianças se divertindo correndo atrás de siri, calmaria…

Quanto tempo ficar em Vilanculos

Pergunta muuuito difícil de responder, mas eu diria que 6 dias seriam bem proveitosos, principalmente ficando no Bahia Mar. Como o espaço oferece diversas aulas, relaxamento e passeios, você consegue aproveitar de tudo um pouco.

Para conhecer as ilhas, 1 dia é suficiente, mas lembrando que, se tiver oportunidade, vários passeios até lá podem ser feitos e cada dia visitando uma ilha diferente.

Se o estilo de viagem for mais econômico e sucinto, sugiro 3 dias em Vilanculos. Um para conhecer a praia local, ir ao mercado central e andar um pouco no centro; outro para fazer um passeio do arquipélago de Bazaruto; e outro para descansar e sentir a calmaria do lugar, sem compromisso. Esse é o meu estilo de viagem. Gosto de me sentir no local, e não só passar como turista e não ter tempo de viver um pouco o local, ainda mais sendo em outro país, outra cultura, outra realidade.

Viaje com internet ilimitada da Easysim4u. Operadora internacionalmente reconhecida e parceira do blog, oferece uma cobertura de 3 e 4G de qualidade e de forma ilimitada. Ao comprar o seu chip por aqui, assim como acontece com o Booking, você paga um excelente preço e uma pequena comissão entra para o blog! 

Como chegar em Vilanculos

Você pode ir de avião desde Joanesburgo, na África do Sul. Se já estiver em Moçambique, pode partir de Maputo ou de Tofo. A opção mais barata é ir de chapa, transporte público moçambicano que te traz uma experiência antropológica. Confesso que não é a maneira mais confortável, mas é única. Eu mesma tive essa experiência indo de chapa a partir de Inhambane e as 4 horas de viagem passaram mais rápido do que imaginava, justamente por ser diferente do usual. Sugiro que se informe em Tofo aonde pegar a chapa para Vilanculos. Há mudanças de horários, mas sei que o Fatima’s Hostel é um dos points que você pode obter mais informações atualizadas.

Onde se hospedar

Meu local do coração e que me proporcionou experiências incríveis foi o Bahia Mar Club. Pousada boutique que está à beira mar, com arquitetura rústica, paisagem deslumbrante e equipe de primeira. Uma experiência à parte de Vilanculos, sinceramente.
Aulas de yoga, academia, passeios pras ilhas, piscina com borda infinita, gastronomia impecável e equipe atenciosa… fez da viagem uma vivência a mais e fora das expectativas.

Minha ressalva pra Susana, que me recebeu da melhor maneira possível, me ensinou um pouco da aero yoga e me mostrou Vilanculos sob um olhar apaixonado!

 

Informação importante!

É necessário Visto para entrar em Moçambique e certificado internacional de vacinação contra febre amarela, que precisa ser tomado até 10 dias antes da sua viagem. O Visto pode ser tirado na Embaixada ou na entrada do país. Se feito no Brasil, custa cerca de R$300 e se retirado na entrada de Moçambique, cerca de $50. No entanto, não aconselho arriscar. Não sei informar como é a retirada do visto casa vá de avião de um país até Maputo, por exemplo. No caso da entrada por fronteira de terra,  na imigração você pode fazer seu Visto. Maaaaas, acho mais seguro já sair do Brasil com seu.

 


ÁFRICAVIAGEM INTERNACIONAL
Comentários (0)
Adicionar Comentário