Conhecendo o Glaciar Perito Moreno em El Calafate, Argentina


Perito Moreno já foi considerado a oitava maravilha do mundo, diante da sua imponência e magnitude, principalmente vista de cima. Esse glaciar argentino está localizado a 80 km da cidadezinha El Calafate, em meio a bosques e montanhas, no Parque Nacional Los Glaciares, que abriga mais de 350 geleiras. O parque ocupa uma superfície de 724.000 hectares e é uma área protegida desde 1937. Em 1981, a UNESCO incorpora o parque na lista de Patrimônio Mundial da Humanidade.

Dicas: Não viaje sem seguro de saúde internacional. Indico a Seguros Promo com ótimas cotaçõesClique aqui  e use o cupom LEVENAVIAGEM5 para ganhar 5% de desconto! E precisando de internet ilimitada em sua viagem internacional, recomendo o chip da Easysim4u, de cobertura 4G ilimitada e excelente. Clicando aqui, você compra seu chip e colabora com uma pequena comissão que vem para o Leve na Viagem, sem pagar a mais por isso 🙂

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Clima e temperatura

O clima da área do parque é úmido, sem estação de seca definida. A temperatura média anual é de 7º C, mas no inverno a média é 0,5º C e no verão 13º C. A variação climática e o relevo são fatores fundamentais que permitem a existência de ambientes bem diferentes como bosques, lagos, montanhas e geleiras, um ao lado do outro.

Como Chegar em Perito Moreno

Antes de tudo, você precisará passar pelo menos 1 noite na cidade de El Calafate, cidade base para o passeio. Há voos do Brasil até lá com conexão em Buenos Aires. Se você ainda não conhece a capital argentina, é uma boa pedida para fazer um stop over e ficar lá sem pagar mais nada por isso.

Qual passeio fazer

É importante saber que há passeios específicos para serem feitos no glaciar e não há um número significativo de empresas que oferecem os serviços, a mais conhecida é a Hielo y Aventura. De qualquer forma, saiba que todas estão na ruazinha principal da cidade e que você precisa fechar o passeio pelo menos no dia anterior a ele.
⇒ Leve em consideração a cotação + / – R$ 100 = $ 500 pesos argentinos (dez/2017)

 

Por ordem de simplicidade e menor gasto:

 

  1. View Point do glaciar (Mirador)

    Você pode chegar com veículo próprio ou de transporte a partir de El Calafate. No terminal de ônibus da cidade você compra sua passagem para o mirador e eles saem diversas horas do dia. Há ainda a entrada do parque no valor de 500 pesos e você precisará, se quiser percorrer toda a passarela de visitação, de cerca de 2 horas. São várias passarelas com diversos níveis de dificuldade. É uma vista de tirar o fôlego!

    ∴ VALOR: 500 pesos da entrada + 180 de traslado = +/- R$125 (dez/2017)



  2. Safári Náutico

    Navegação pelo Lago Rico em frente às geleiras e observação dos desabamentos de blocos de gelo que, honestamente, é impressionante. O embarque é realizado no porto “Bajo de las Sombras”, a 6 km do View Point da geleira e a excursão dura em torno de 1 hora.
    Os passeios acontecem das 10:00 às 15:00 h, com saídas a cada hora, dependendo da época do ano. Não é preciso fazer reserva.

    ∴ VALOR: 200 pesos argentinos + entrada do parque – 180 pesos de traslado = +/- R$70


  3. Mini Trekking Glaciar Perito Moreno

    Após navegação de 20 minutos pelo Lago Rico, os visitantes são levados ao refúgio ao lado da geleira. Grupos de no máximo 20 pessoas são organizados, e após 15 minutos de caminhada chega-se à base da geleira, para que os crampons sejam inseridos nos calçados de cada um.  O guia leva o grupo para fazer o trekking no glaciar, o que leva cerca de uma hora e meia. O gelo é irregular e às vezes escorregadio, mas com cuidado e com o os crampons nos pés, você fica seguro.
    Foi esse o passeio que fiz, e, honestamente? É uma experiência única. Ao final do trekking é servido bombom e whisky na geleira.
    Na volta do trekking, temos ainda cerca de 40 minutos para caminhar no mirador do Perito Moreno. Que visual surreal! Infelizmente estava muito, muito, muito frio e chovendo. Consegui apenas caminhar um pouco, tirar umas fotos, me despedir do glaciar e voltar para o ônibus.

    ∴ VALORES:
    Com transporte que te busca e deixa no hotel: 3.600 pesos (+/- R$650).
    Sem transporte: 2.700 pesos (+/- R$480).

    ∴ DICAS:
    Esse passeio acontece apenas entre agosto e maio;
    A duração é de um dia inteiro;
    Não é aconselhável para pessoas acima do peso, crianças abaixo de 10 anos e idosos;
    Ir de bota/tênis de trekking, roupa confortável, casaco resistente à água, luvas e gorro;
    Levar comida para aliviar a fome ao longo do passeio.




     

  4. Big Ice Glaciar Perito Moreno

    Consiste no mesmo passeio do mini trekking, mas com duração mais longa e, consequentemente, caminhada maior até o centro da geleira. A duração do passeio é de 3h30 e tem um lanchinho servido na geleira. Esse trajeto ocorre apenas entre setembro e abril. As demais dicas são as mesmas do mini trekking, mudando apenas a indicação para pessoas entre 18 e 50 anos, e em bom estado físico.

    ∴VALORES:
    Com transporte que te busca e deixa no hotel: 6.200 pesos (+/- R$1.115).
    Sem transporte: 5.200 pesos (+/- R$935).


    Concordo que os preços são um pouquinho salgados… Principalmente os trekkings.
    Se a intenção é apenas conhecer e ver de perto a beleza indescritível desse lugar, vá apenas ao mirador.
    Mas se prefere uma experiência nova e gosta de aventura, um dos trekkings no gelo pode ser uma ótima alternativa!
    😉

Luisa Galiza

Veja os comentários

  • Que demais Lu! Deve ser incrível fazer o trekking nas geleiras! Minha mãe vltou completamente apaixonada dessa viagem e ela só viu as geleiras... amei o post e as dicas!

  • AAAAVEMARIA! Parei de respirar aqui. Não consigo conceber o quanto deve ser deslumbrante essa gelerira ao vivo!

  • Que demais, esse visual ao vivo deve ser de encher os olhos de lágrima... Se pelas fotos já é surreal, imagina conferir e sentir tudo de pertinho. Sempre quis fazer o safari náutico, mas agora também amei a ideia dos trekkings. Preço salgado, mas deve valer muito à pena esse investimento. Bjs

  • Tenho muita vontade de conhecer a Patagônia e já salvei mais esse ótimo post seu para quando eu for ter as dicas tds já rs

  • Visitei a região há exatos 10 anos e reviver meus momentos pelo seu post, que está super bem explicado, foi excelente. Muito obrigado!

  • Que saudade enorme esse post me deu desse lugar incrível. Que pena que o dia estava beeem nublado quando vc foi!!!Eu tive sorte e peguei um solzão.

  • hahahaha tava lendo e pensando: é carinho... aí na ultima frase, vc escreveu sobre os preços... rsrs Mas eu concordo com vc, poxa, ir num lugar desse maravilhoso e so visitar o mirador?! Eu pagaria todos os passeios, vai saber quando eu iria voltar de novo! valeu pelas dicas, adorei!!!

  • Uauuu! Que visual gente. Incrivelmente lindo! Deve ser emocionante ver tudo isso de cara. Salvei seu post nos favoritos! Parabéns pelas dicas e principalmente pelas fotos.

  • Gente esse lugar é incrível, o topo da minha listinha. O que peca é os preços, precisa ser tão caro né? rs.. quando estive na Patagônia voltei mais pobre, mas deixar de fazer os passeios ia ser um pecado. Na prx irei mais preparada, ótimas dicas bjs

  • Sou louca por esse destino. Só de ver a foto de capa já fiquei doidinha. Muito bom o esclarecimento sobre os passeios, sempre fico meio perdida quando to pesquisando isso. Os preços salgados fazem parte. Tem destino que é muita responsabilidade pro cara cobrar barato e oferecer um tour meia boca. Melhor ir na indicação. Quero ir tb!!

Posts recentes

Câmeras ao vivo pelo mundo: 6 opções para você viajar dentro de casa

Às vezes, as possibilidades de viagem ficam reduzidas e isso pode nos desanimar. No entanto,…

% dias atrás

Países que falam a língua portuguesa: 6 para você conhecer

Viagens internacionais costumam ser um sonho antigo de muitas pessoas. No entanto, entre diversos possíveis…

% dias atrás

Hoteis perto de Guarulhos: 6 opções para todos os gostos

Se você procura por hospedagem em Guarulhos, muito provavelmente tem uma razão mais prática, seja…

% dias atrás

Hoteis fazenda em SP: 6 opções para você conhecer e relaxar

É comum que, ao pensar em hospedagem, venham à cabeça hotéis enormes, chiques, com ofertas…

% dias atrás

Doces fitness rápidos e fáceis: 6 receitas para qualquer viagem

De vez em quando a gente tem uma vontade de comer doces, mas acaba ficando…

% dias atrás

Alimentação saudável na pandemia: como manter bons hábitos

A pandemia do Coronavírus não é novidade. Aliás, já se tornou algo desgastante. Mais de…

% dias atrás