7 dicas de mulheres que viajam sozinhas


Viajar sozinha é entrar em contato consigo mesma de uma forma muito profunda e intensa. É estar só, mas acompanhada da melhor cia do mundo, você! Entendo que não é fácil tomar a iniciativa de experimentar viajar sozinha. Primeiro pelo medo, que está presente em qualquer atitude nova na vida. Segundo, pela cobrança social e cultural de que você precisa estar acompanhada para estar bem. E terceiro, pela questão da segurança. De alguma forma nos sentimos frágeis e indefesas diante do imprevisível. Mas entenda, mulheres que viajam sozinhas não deixam de ter esses tipos de sentimentos e cobranças! A diferença é a maneira como olham essas situações, como encaram lidar com isso.

O medo sempre vai existir, mas temos que usá-lo a nosso favor, como algo que nos impulsiona e nos move. A cobrança social e cultural será eterna, mas você não deve nada a ninguém e quebrar paradigmas pode ser muito melhor do que imagina. E sobre se sentir insegura, fato, no mundo tem muita gente má e louca, mas também depende de você tomar cuidado com algumas coisas e se sentir forte.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Por isso resolvi escrever esse post para tentar desmistificar um pouco esse entrave feminina de se jogar só. Mulheres que viajam sozinhas voltam outras mulheres. Voltam mais empoderadas, donas de si, felizes por terem conseguido, inspiradas, bem consigo mesma. O autoconhecimento é  uma das coisas mais marcantes quando voltamos de uma viagem sozinha. É impagável a sensação que temos quando vemos que conseguimos algo que era tão difícil, e às vezes parecia impossível.

Tenho o costume de dizer que é um divisor de águas, a mulher antes e depois de fazer a primeira viagem sozinha. Amo receber mensagem de mulheres que começaram a viajar sozinhas recentemente e estão mais completas e realizadas. Compartilho dessa felicidade e dessa sensação!

Para te ajudar nessa libertação e inspirar você a ir, veja as melhores dicas de mulheres que viajam sozinhas:

1 – Pesquise sobre o destino

Saber detalhes sobre o lugar que você pretende ir é essencial para evitar imprevistos. Diante da diversidade cultural, por exemplo, há lugares onde mulher não pode usar certo tipo de roupa, não pode dirigir, não pode cumprimentar homem tocando-o… É importante saber um pouco sobre a cultura local, pesquisar quais lugares pretende conhecer por lá, quais hotéis estão bem localizados, enfim, tome nota e faça um bom planejamento de viagem.

 

2- Economize na bagagem

Para você ficar independente e conseguir se movimentar tranquilamente por onde for, é imprescindível que tenha em mãos uma bagagem compacta e leve. Não tem sentido levar uma que não consegue carregar tranquilamente. Trabalhe o desapego e seja objetiva na hora de arrumar sua mala. Leve somente o essencial para ter conforto e tranquilidade.

 

3 – Saiba escolher suas hospedagens

Se acomodar em um bairro movimentado e seguro é muito importante. Pense sempre na sua chegada a noite no hotel. Precisa ser em um lugar onde tenha pessoas circulando e em uma região bem avaliada. Para saber esses detalhes, pesquise bastante as avaliações dos outros viajantes sobre o lugar. Analise um por um e escolha o que se sentir mais segura.
Outra dica é optar por hostel, ou seja, lugares que hospedam muitos viajantes solitários e, claro, outras mulheres que viajam sozinhas. É um ótimo local para conhecer pessoas novas e se enturmar em passeios e roteiros.
A plataforma que faço reserva e que tem milhares de avaliações para te ajudar nessa pesquisa é o Booking.com.

Se você fizer nesse link que coloquei, você paga o mesmo valor mas entra uma pequena comissão para o blog. Se puder lembrar de fazer suas reservas por aqui, vai ajudar na manutenção desse espaço! 🙂

 

4 – Compartilhe sua viagem

Mantenha familiares e amigos a par do seu roteiro e passeios ao longo da viagem. Mantê-los informados é uma tática de segurança interessante. Mande a localização pelo celular, fale o que pretende fazer ao longo do dia, dê o nome e telefone do hotel/hostel em que se hospedar. Isso ajuda você a se sentir mais segura e não faz da sua viagem um mistério para os outros.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

 

5 – Opte por passeios em grupos

Além de fazer amigos e conhecer pessoas do mundo todo ou de outras regiões do Brasil, é excelente para garantir companhia. Não que isso seja necessário, mas caso queira estar mais rodeada de gente, opte por passeios em grupos. Tenho certeza que nessas ocasiões encontrará outras mulheres que viajam sozinhas fazendo o mesmo que você.

 

6 – Cuidado com a sua bolsa

Mesmo em países de primeiro mundo estamos sujeitas a assaltos e roubos. Mas para evitar qualquer imprevisto desse, escolha bem a bolsa que irá viajar. É interessante que ela tenha diversos bolsos internos e não seja fácil de abrir. Fique atenta aos seus equipamentos eletrônicos e não deixe nada a mostra. Dinheiro, eu aconselho você a andar sempre com uma doleira, assim você protege seu recurso e fica menos vulnerável para perdê-lo.

 

7 – Preste atenção na sua intuição

Sabemos o quanto somos intuitivas. Saber detectar algo que pressentimos, sentir a energia da situação e das pessoas é um dom muito feminino. Se alguma coisa não te desceu bem, não insista. Não vá pelo caminho que não achou legal, não faça passeio com um grupo que não se identificou, não se hospede em um lugar que não tenha gostado, mesmo que já esteja reservado. Perceber e respeitar pequenos sentimentos nossos podem fazer toda a diferença. Mulheres que viajam sozinhas costumam dar uma atenção maior a esse detalhe, afinal, o contato com si mesmo é ampliado ao extremo nessas situações.

No mais, vá de coração aberto e empoderada. Pense que nenhuma companhia poderia ser melhor do que a sua. Para sermos felizes precisamos estar absolutamente bem e plenas com a gente mesma. Não deixe que o medo e a insegurança sejam maiores do que a experiência que pode mudar sua vida!

Voe!!!
A liberdade está dentro de você!

<3

 

Importante: Se for fazer uma viagem internacional, é importantíssimo que faça seu seguro viagem. As melhores empresas e preços estão no site da Seguros Promo, onde sempre faço os meus. Se utilizar o código promocional LEVENAVIAGEM5, ainda ganha 5% de desconto.

Ajude o blog a se manter!
Quer continuar vendo as melhores dicas do Leve na Viagem? Dá uma forcinha pra gente. Se você fizer reservas pelos links do Booking.com ou do Hoteis.com disponíveis aqui, uma pequena comissão é destinada ao blog, sem que você pague nada a mais por isso! O Leve na Viagem é gratuito e mantido com carinho, mas precisa da sua contribuição! 🙂

 

DICAS DE VIAGEMVIAGEM INTERNACIONALVIAGEM NACIONAL
Comentários (22)
Adicionar Comentário
  • Thayz

    Amei esse post Luiza, me identifiquei muito com suas dicas. Minha primeira viagem sozinha foi realmente um divisor de águas na minha vida. Aprendi a confiar mais em mim mesma, e foi muito lindo ❤️
    Vamos espalhar esse post é incentivar cada vez mais as mulheres a fazer o mesmo
    Grande beijo

    • Luisa Galiza

      Ah que bom Thayz! Fico feliz que tenha gostado e que também é uma das que viajam sozinhas!!

  • Isabelle Oliveira

    Que post maravilhoso Luisa!! Acho que as mulheres que curtem viajar sozinhas não devem ter medo e se jogar nesse tipo de experiência. Eu não curto tanto viajar sozinha, mas na verdade não gosto de fazer nada sozinha! hahahahahah… Mas tenho algumas amigas que viajam sozinhas e têm experiências incríveis. Os pontos de preparação que você falou são de extrema importância. Amei!!!

    • Luisa Galiza

      Hahaha oi Isa! Eu também era assim, acredita? Não gostava de fazer as coisas sozinhas.. Mas depois que tomei gosto pela coisa.. Nossa, é libertador!

  • Danielle

    Um post, sem dúvidas, inspirador e incentivador para que mulheres possam dar o primeiro passo e voar com as suas próprias asas.
    Já tive essa experiência de viajar sozinha, que, de fato, foi libertador. Um pouco solitário, mas que, ao longo do percurso, percebi que conheci mais gente do que o normal e decidi para onde e quando queria ir.
    A falta de segurança ainda assusta um bocado, mas a intuição nos protege de algumas encrencas. kkk

    • Luisa Galiza

      Que legal Dani, saber que já teve essa experiência também! 🙂

  • Tiago Belmont

    Tenho várias amigas que acabam não viajando por falta de companhia… vou indicar seu post a todas elas!!!! Mas tem uma coisa que acho interessante, pois sempre viajo com minha esposa e conhecemos muitas pessoas nas viagens e normalmente os homens viajam com amigos ou com a namorada/esposa (como eu rs), e é muito maior o numero de mulheres viajando sozinhas do que de homens (com base nas minhas percepções em viagens), acho que posts como esse seu são incríveis e os responsáveis por esse fenômeno. Parabéns!

    • Luisa Galiza

      Nossa Tiago, que observação interessante! Achei fantástica, fico feliz em saber disso! Obrigada, querido!

  • nicole

    Esse post veio em ótima hora, viajo em junho para encontrar a família, mas não estou contanto muito com eles e já estou nervosa em fazer coisas sozinha! hahaha… ainda não sei como vai ser, mas já comecei me jogando!!

  • Erik Trovão

    Ao longo das minhas viagens, tenho me deparado com muitas mulheres viajando sozinhas em diversas partes do mundo. E o sentimento que percebo nelas é sempre o de plenitude e satisfação. E esse seu texto (super bem escrito por sinal) apenas reforça essa sensação que já tinha. Texto obrigatório para eu passar para qualquer amiga que expresse temor em viajar sozinha!!

    • Luisa Galiza

      Ah que bom que curtiu Erik, fico feliz!

  • Sil Mendes

    Adorei seu post! Com certeza vai inspirar muitas outras mulheres a viajarem sozinhas. Fiz alguns viagens sozinha, mas todas a trabalho, o que precisa ainda mais de coragem e determinação .

  • Mariliza Domingos

    ótima dicas Luiza, só me falta a coragem de pegar a estrada rs.. o bom é fazer passeios m grupos, principalmente hospedar em lugares com a mesma vibe, ai rola sintonia total. Mto bom e inspirador. bjs

    • Luisa Galiza

      Exatamente! Não deixe a falta de coragem te limitar não!! 🙂

  • Aline Pires

    Luisa, as únicas vezes que viajei sozinha foi a trabalho e mesmo assim varias de suas dicas sempre coloco em prática.. e usar e abusar de nossas intuições é sempre muito bom!!

    • Luisa Galiza

      Também comecei viajando sozinha a trabalho, que já é bacana né? Só usarmos essas experiências a nosso favor!

  • Keul Fortes

    Esse post tá demais! Meus parabéns, Lú. Você com certeza é uma inspiração para mais mulheres viajar sem medo. Acredita que nunca viajei sozinha? Quem sabe um dia, tenho certeza que deve ser libertador. Parabéns pelo post!

    • Luisa Galiza

      Jura Keul? Ah então que te inspire tbm!!! 🙂

  • Leandra

    Uau… eu achei espetacular este post.. super importante para ajudar as outras mulheres que gostam de ficar só, o que definitivamente não significa ser solitária. Vou divulgar seu post para minhas amigas. Suas dicas são muito boas.. excelente mesmo. Parabéns!!!