Zaanse Schans, um bate volta charmoso saindo de Amsterdam


Para quem já conhece Amsterdam ou para quem vai passar mais de 4 dias por lá, pensar em um bate e volta em algum lugarzinho perto pode ser uma boa pedida. Na minha última ida à Holanda, a convite do Teleport Hotel, resolvi conhecer Zaanse Schans, que está apenas a 22 km (15 minutos de trem) da capital holandesa.

ORGANIZANDO SUA VIAGEM

Antes de mostrar os charmes de Zaanse Schans, quero falar sobre algo muito importante: seguro viagem! Quem me acompanha sabe que, em viagens internacionais, nunca deixo de fazer uso do seguro, pois imprevistos acontecem e é sempre bom ter um respaldo em qualquer emergência que acontecer, seja em questão de saúde ou de segurança.

Minha seguradora é a Seguros Promo, que oferece um atendimento excelente, com preços igualmente ótimos. Os preços são levantados a partir de um sistema de busca com as melhores seguradoras, consolidando informações que te possibilitam escolher a melhor opção para o perfil da sua viagem e com o melhor preço! E, comprando por esse link, uma comissão vem para o Leve na Viagem, sem que você pague a mais por isso! Usando o cupom LEVENAVIAGEM5, você ganha 5% de desconto em sua compra.

E se você quer mais informações, leia o post SAIBA TUDO SOBRE SEGURO VIAGEM EUROPA BARATO e tire suas dúvidas!

Zaanse Schans, um bate volta charmoso saindo de Amsterdam

Um vila charmosinha e conhecida pelos seus moinhos, atrai turistas o ano todo, mas não está na lista das cidades vizinhas mais visitadas de Amsterdam. Zaanse Schans é uma vizinhança de Zaandam, e os moinhos que lá estão são históricos e muitos funcionam até hoje! Só andar por ali já é um passeio que vale a pena, pois a impressão é de estar em um cenário de filme ou em um mundo de fantasia, honestamente. Todas as casinhas com a mesma estrutura, os moinhos ao fundo e a calmaria intensa do lugar são indescritíveis. Quando falamos das vilas holandesas dos séculos XVIII e XIX a vila de Zaanse Schans parece ser um museu a céu aberto!

Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

    

Como chegar em Zaanse Schans

TREM

O trem sai da Estação Central de Amsterdam em diversos horários ao longo do dia. O destino é Uitgeest e aí você desce na estação de Zaanse Schans, depois de 15 minutinhos. A partir dali, uma caminhada até a parte central da cidade, onde estão as atrações mais bonitinhas, cerca de 20 minutos andando. A passagem custava um pouco mais de 3 euros.

ÔNIBUS

É o 391 da Conexxion (vermelho) e sai da Estação Central de Amsterdam. Aconselho que, em alguma passada pela estação, verifique de qual plataforma o ônibus sai e quais são os horários. Como na Holanda é tudo MUITO organizado, você saberá exatamente a que horas ele parte e para onde deverá ir pegá-lo. Ele custa cerca de 5 euros, mas te deixa na entrada da vila e economiza a caminhada de 20 minutos. Como gosto muito de caminhar quando viajo, não vi problema algum nesse trecho. Mas se você já gosta de chegar na boca do caixa, o ônibus é a melhor opção.

Caso você prefira fazer um passeio a Zaanse Schans organizado com um um guia turístico em português e transporte incluso, a Rota Amsterdam oferece esses passeios para Zaanse Schans com Guia Brasileiro. O passeio pode ser feito em combinação com as cidades próximas de Volendam e Marken ou só para Zaanse Schans. Usando o Voucher ‘ LEVENAVIAGEM ‘ você ganha um desconto de 5 % nos serviços da Rota Amsterdam. Só enviar um email para eles através do formulário abaixo com seu cupom que já recebe os valores com seu desconto garantido!

    Internet em Zaanse Schans

    Quem acompanha o Leve na Viagem sabe que sempre que viajo para o exterior continuo utilizando a internet normalmente. A Easysim4u é uma operadora internacionalmente reconhecida, parceira do blog, que oferece uma cobertura 4G de ótima qualidade e de forma ilimitada. Ao comprar o seu chip por aqui, assim como acontece com o Booking, uma pequena comissão entra para o blog! 🙂

    Conhecendo Zaanse Schans

    Como disse, só caminhar pela vila já é um grande passeio. Em algumas casinhas verdes você encontra museus temáticos, uns gratuitos e outros pagos, lojinhas e mercadinhos. Tudo no diminutivo mesmo porque ali parece ser uma cidadezinha de boneca, e qualquer substantivo ou adjetivo no diminutivo cai bem.

       

    Para completar, a cidadezinha cheira a chocolate, acredita? Sim, é verdade…. Por conta de várias fábricas de chocolate, você anda se derretendo com aquele cheiro tentador. Quando eu senti não soube lidar, sério, rsrs!

    Foto Tiago Machado @tmcfotografia

     

    Foto: Tiago Machado @tmcfotografia

    É possível visitar o museu do Albert Heijn, o maior mercado da Holanda, a fábrica de queijo Catharina Hoeve e ver ainda a fabricação dos famosos tamancos de madeira holandeses.

    Foto Tiago Machado @tmcfotografia
    Foto Tiago Machado @tmcfotografia

    Dos 11 moinhos ao redor, 6 estão abertos para visitação; nenhum é gratuito. Outra forma de ver a paisagem incrível de Zaanse Schans é navegando pelo rio em passeios que são oferecidos ali mesmo, na vila. No entanto, eles acontecem apenas entre os meses de abril a setembro. A empresa que vi fazendo bastantes passeios é Windmill Cruises, com saídas de 9h30 às 16h30, a cada meia hora. O passeio dura 45 minutos e custa 13,50 euros.

    Após passear por esse lugarzinho que parece ter parado no tempo, a sua volta para Amsterdam é pelo mesmo caminho que chegou. Sugiro que na ida ou na volta pare um instantinho na Het Zaanse Bakkertje. É possível encontrar diversos doces típicos, pães de todos os tipos e várias opções veganas! Vale a parada, vai por mim! 🙂

     


    Essa viagem para Amsterdam foi a convite do Teleport Hotel e contou também com a CVC Brasília Shopping (@cvcbrasiliashopping) que foi parceira primordial para o projeto, portanto, encontra-se no publieditorial e está de acordo com as Políticas do Blog.
    As informações são relatadas a partir da minha impressão e tenho total liberdade para escrever a respeito.


     

    EUROPAPUBLIEDITORIALVIAGEM INTERNACIONAL
    Comentários (18)
    Adicionar Comentário
    • Filipe Morato Gomes

      Pelas fotos parece que teve sorte com o número de turistas na área. Ainda bem!!! Zaanse Schans é muito mais bonito assim 🙂
      Abraço e boas viagens.

      • Luisa Galiza

        Sim, não estava muito cheio Filipe, ainda bem! rs

    • Suzy Freitas

      Que graça essa cidadezinha! Conheci Amsterdã, mas não tive tempo de visitar o interior da Holanda! Além da paisagem fofa, adoraria ver a fabricação dos tamancos de madeira! Acho aqueles sapatos um charme. Já vou anotar a dica para um bate-volta!

      • Luisa Galiza

        Anote Suzy, é rapidinho e vale a pena!!

    • Livia Melo

      Que delicinha de cidade! Adorei a indicação, estava procurando um lugar fora da rota turística mais tradicional e me encantei. Obrigada!

    • FLAVIA ZENKE

      Que cidadezinha mais charmosa e simpática. Acho que vale a pena até dormir para não fazer as coisas com pressa né? Nossa filha vai amar conhecer a fabrica dos tamancos de madeira. Amei as fotos!

      • Luisa Galiza

        Flavia! A cidade é bem pequeninha, não acho que precise dormir. Um período do dia você já conhece, sabe?!

    • Maiara Barbosa

      Essa cidade parece ter saído dos livros infantis com as casinhas de madeira e os jardins super conservados! E o que dizer da “fábrica” dos tamancos?! Sempre vejo esses modelos em Holambra, aqui em SP, mas nunca tinha visto uma foto do local onde eles são confeccionados… Muito interessante mesmo!

    • Gabriela

      Fui a Amsterdam 2 anos atrás e me arrependo demais de ter ficado só 2 dias lá e não ter conseguido conhecer as cidades próximas. Sou doida pra voltar e conhecer essas cidadezinhas super charmosas!!!!

      • Luisa Galiza

        Gabi, vale a pena, primeiro pq Amsterdam semprwe vale a volta, e depois pq essas cidadezinhas são demais!

    • Anna Claudia

      Puro charme mesmo! Dica anotada pra quando visitar a Holanda. E as fotos ficaram lindas, parabéns!

    • Danielle

      Que saudades!! Eu fui de ônibus!! Estava com o tempo curto e achei melhor.. kkk.. mas deve ser uma caminhada linda da estação até os moinhos.
      Impressionante como o tempo nesse lugar permanece nublado por muitos dias do ano..kk.. as minhas fotos tb saíram dessa forma.
      E as lojinhas? Jisus! cada coisa gostosa!

      • Luisa Galiza

        É verdade!rsrs não conseguiria morar em lugar onde os dias são mais nublados do que ensolarados…

    • Sil Mendes

      Acredita que ainda não conheço Amsterdam? Mas quero em breve conhecer e com certeza já anotei esse bate e volta ( adoro fazer bate e volta) pois achei o lugar muito charmosinho e ainda mais cheira a chocolate, tudo de bom.

    • Sthefania Peixoto

      Sthefania Bem pertinho mesmo! Não sabia que a visitação dos moinhos era paga, mas é impossível não querer dar uma passada. Sempre que penso em Holanda penso neles! Obs: tão cheias de vida suas fotos

    • Rayane

      Que saudade de Zaanse!!! Eu amei esse vilarejo…
      Você comeu o stroopwafel quentinho? Deu água na boca só de lembrar.
      Concordo: a cidade cheira chocolate… e queijo!
      Adorei matar a saudade de lá vendo suas fotos…
      Beijão!